• Fábio Diniz

Conheça os Cinco Animais do estilo Choy Lay Fut de Kung Fu

Atualizado: Jul 12

Os animais usam seu YI (intenção e espírito) e CHI (energia interna) para caçarem, lutarem e se protegerem.

Antigos artistas marciais chineses elaboraram técnicas de combate inspiradas nos animais através de estudo e observação. Esta foi a origem de muitos estilos de Kung Fu. Todavia, cada estilo tem sua própria interpretação. Alguns preferem imitar o espírito do animal, ao passo que outros tem maior interesse em suas habilidades e movimentos.



Muitas técnicas e estilos de animais vieram das artes praticadas no Templo Shaolin. O sistema SHAOLIN original era compreendido de 18 exercícios ou técnicas. BAI YU FENG, um monge praticante de kung fu, desenvolveu muitas técnicas que foram divididas em estilos de animais. Cada um dos animais – Tigre, Leopardo, Garça, Serpente e Dragão – tinha distintos aspectos e diferentes objetivos.


TIGRE = Sua técnica representa a agressividade, determinação e voracidade. Um tigre mantém a postura antes de um ataque, chega a não respirar e no momento oportuno parte para cima da presa com uma ofensiva potente. A garra do tigre é um poderoso golpe de palma que também pode agarrar e/ou arranhar o adversário


PANTERA = A pantera é um animal ágil e rápido. No kung fu ela representa a velocidade. O Chop Choi (punho da pantera) é um rápido e preciso golpe feito com os dedos flexionados a partir da segunda articulação. Deve ser direcionado a pontos específicos como costelas, esterno, garganta e têmporas. A técnica lembra a pata de um felino e requer o fortalecimento das articulações.


GARÇA = O estilo da garça no kung fu possui movimentos harmoniosos e elegantes. Para ilustrar a diferença entre os estilos, podemos imaginar que o tigre vence através da força, a pantera através da velocidade, enquanto a garça (justamente por não ser um predador) desenvolve uma estratégia de luta baseada em defender, bloquear, esquivar e redirecionar ataques, buscando sempre a vantagem do contra-ataque.


SERPENTE =Através da flexibilidade e da fluidez dos movimentos, a serpente “envolve e anula o oponente". A defesa conta com movimentos que entrelaçam com os de seus adversários , enquanto o ataque busca por ângulos inesperados. As técnicas de mão da serpente no kung fu tem como objetivo atingir pontos específicos como olhos, garganta e baixo ventre. A movimentação exige uma grande noção de distancia e visão de ataque.


DRAGÃO = Na mitologia chinesa, o dragão é tido como um dos quatro animais divinos que possuem poderes sobrenaturais e sabedoria profunda. Foi um símbolo imperial por séculos e objeto de muitos rituais e desfiles – como até hoje acontece no desfile do Ano Novo Chinês. Nas técnicas do nosso estilo, o Dragão manifesta-se através de golpes ascendentes que entram por baixo da guarda adversário, em técnicas “voadoras” com saltos e giros, em passos rápidos e sinuosos, além de uma forte técnica com os dedos em garra.

Interessante, não é mesmo? Existem muitas técnicas em diferente estilos de kung fu que se basearam nos animais.

Acompanhe nossas postagens para saber mais sobre Kung Fu e Arte Marcial!


18 visualizações
WhatsApp-Logo.png

Rua Coelho Neto, 465 - Vila Itapura | Campinas - SP - Brasil

© 2018 Academia Dragão Chinês Kung Fu

Logo Novo.png
WhatsApp-Logo.png