• Fábio Diniz

As 7 Virtudes das Artes Marciais

Atualizado: 10 de Dez de 2020

Muitas artes marciais, independentemente do sistema, estilo, origem, possue um código de ética ou conduta como parte fundamental de sua formação.

O Bushido (Caminho do Guerreiro) praticado pelos samurais ou o WuDut / Wute (Virtudes Marciais) desenvolvido pelos praticantes de kung fu são alguns nomes e exemplos dessas filosofia dos guerreiros.



As lições aprendidas no Bushido / Wute são muitas vezes mais importantes do que a arte da luta em si. Estas virtudes marciais ajudam a motivar, moldar, e incentivar um artista marcial na busca de um ideal maior. Para desenvolver habilidades além das habilidades físicas e para aprender a usar sua mente e seu coração em cada situação.


Compaixão, Benevolência.

Compaixão tem muitas dimensões. A primeira sendo a habilidade de ver a situação de uma pessoa sem viés ou preconceito. Compaixão é o senso de preocupação, mas mais do que isso, é a noção clara de que todos os seres têm exatamente o mesmo direito à felicidade. Quando pensamos nos outros, nossa mente se amplia, e os nossos pequenos problemas se tornam realmente pequenos, e as coisas negativas não prejudicam nossa mente.


Polidez e Cortesia, Amabilidade.

Cortesia não é sempre dizer o que as pessoas querem ouvir, mas dizer o que é preciso ser dito com respeito e consideração. Cortesia é tratar aos outros como iguais ou superiores, não importando suas reais posições, é demonstrar humildade.


Sinceridade, Veracidade total.

Sinceridade e veracidade andam lado a lado. Nunca mentir para alguém, nem mesmo para fazê-lo sentir bem. Sempre falar a mais completa verdade possível, independente de consequências, porém da maneira correta.


Dever e Lealdade, Fidelidade.

Nunca trair quem confia em você. Nunca negligenciar suas obrigações. Nunca mentir para uma pessoa, e nunca mentir sobre elas, nunca mentir para você mesmo. Nunca revelar segredos confiados a você.


Justiça e Moralidade.

Atitude direita, razão correta, decidir sem hesitar; Retidão significa fazer a coisa certa. É importante sempre agir de forma ética. Isso refina seu espírito e te faz uma pessoa mais completa.


Coragem, Bravura heroica.

Bravura é se manifestar em face à injustiça, e ter a coragem de fazer o que é certo. Bravura também é defender o que você acredita. Não é se intrometer quando desnecessário, ou se impor aos outros e ser intolerante. É não se deixa intimidar pelos obstáculos.


Honra.

Honra é a mais difícil de definir. Honra não é ganhar várias lutas, ou encontrar vingança. Não é uma medalha no peito ou contos do passado para impressionar os do presente. Honra é viver de acordo com todas as outras seis virtudes, é ter disciplina, controle, e humildade. É ser leal, sincero, cortês, benevolente e verdadeiramente direito. Nem sempre é honra confrontar! Há vezes em que ficar quieto frente a um insulto, sem retaliação ou reação, requer mais dignidade e honradez.


Viver realmente a arte marcial é muito mais do que praticar seus movimentos ou ser capaz de lutar. É buscar o autoconhecimento, aprimorar seu espírito e tentar sempre tornar-se uma pessoa melhor. Basear-se nas 7 virtudes guiam o artista marcial nesse caminho.






Desafio você a pensar sobre a sua vida, sua arte marcial e as sete virtudes marciais (Wute) ☯️

Se você pratica Kung Fu ou outra arte:


1️⃣. Você ajuda seus companheiros de treino e se preocupa com eles (Compaixão)?


2️⃣. Respeita a sala de treino e todas as pessoas da escola (Cortesia)?


3️⃣. Se expressa somente de maneira verdadeira (Sinceridade)?


4️⃣. Segue seu professor e seus ensinamentos (Lealdade)?


5️⃣. Agradece e retribui tudo o que sua escola faz pela sua arte marcial (Justiça)?


6️⃣. Faz o treino e cada exercício da melhor forma que você é capaz (Honra)?


7️⃣. Enfrenta cada desafio sem desculpas (Coragem)?


Bem... Essas ações são coisas que praticamos no Kung Fu..


Mas isso basta para um artista marcial?

Não... Essa é a parte mais fácil!!!



O maior desafio é aplicar esses conceitos fora do tatame.


Em qualquer momento da vida e em todos os lugares temos a oportunidade de agir conforme esses valores.

Deixo aqui apenas 7 exemplos para refletirmos e praticarmos:


🔹1. Ajudar uma pessoa que você não conhece (Compaixão);


🔹2. Tratar todas as pessoas com respeito e consideração (independente de quem sejam) (Cortesia);


🔹3. Ser sincero com você mesmo, reconhecer erros e não buscar desculpas (Sinceridade);


🔹4. Cumprir todas as promessas que fizer (Lealdade);


🔹5. Deixar qualquer vantagem de lado em nome do que é correto. (Justiça);


🔹6. Viver e agir sempre com o melhor que você é capaz de ser (Honra);


🔹7. Apesar dos medos e receios, avançar sempre com firmeza baseado em seus valores (Coragem);


Muito mais importante que socos e chutes, a arte marcial nos ensina um caminho e um modo de vida... Mas ela não garante nada disso!!

A decisão de colocar tudo isso em prática será sempre nossa.


“Saber não é suficiente; devemos aplicar. Querer não é suficiente; devemos fazer.”
Bruce Lee


309 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo